Connect with us

Geral

Estudantes da UNIR fazem ato nesta sexta-feira contra caos no transporte coletivo

Publicado

em

Os estudantes da UNIR decidiram fazer ato contra o caos no transporte coletivo de Porto Velho. O ato será realizado nesta sexta-feira (01/02) às 11 horas na Praça Marechal Rondon (Praça do Baú).

Nota do Movimento:

A população de Porto Velho vem sofrendo há anos com o péssimo serviço de transporte coletivo oferecido e na última semana com a greve dos trabalhadores do transporte, essa crise ficou ainda mais evidente.

A partir do dia 21/01 motoristas e cobradores iniciaram paralisação para exigir do consórcio SIM o pagamento de salários atrasados, bem como de cestas básicas, ticket alimentação e auxílio saúde, direitos conquistados e previstos em acordo entre o sindicato da categoria e o consórcio SIM.


Diante da greve, a primeira medida do Prefeito Hildon Chaves foi emitir decreto revogando a tarifa social para os estudantes, fazendo com que a passagem estudantil aumentasse de R$ 1,00 para R$ 1,90, quase dobrando de preço. Exigimos que se retorne o valor da tarifa social para estudantes no valor de R$ 1,00!


Os problemas só pioraram, depois que os trabalhadores optaram por demissão coletiva, já que os direitos contratuais não estavam sendo cumpridos e ninguém trabalha de graça. O advogado do sindicato dos trabalhadores do transporte coletivo de Porto Velho, Flávio Orlando, confirmou na tarde desta quarta-feira (30) que vai insistir na demissão coletiva de todos os servidores do Consórcio SIM, já que a empresa afirmou mais uma vez, durante a audiência realizada na 2ª Vara da Fazenda Pública, que não tem mais condições de continuar prestando o serviço. O momento pede que o Prefeito tome atitudes perante o caos que os moradores de Porto Velho estão passando sem o transporte coletivo nas ruas.


Nesse quadro é difícil prever para que rumo vai a situação do transporte coletivo em Porto Velho, mas pelos acontecimentos recentes e pelo que temos visto ao longo dos anos, a tendência é que por parte da Prefeitura e da empresa responsável – seja o consórcio SIM ou qualquer outra que entrar – haja um sucateamento ainda maior do serviço e/ou aumento geral da tarifa.

Ou seja, os maiores interessados em obter um transporte digno são os trabalhadores e os estudantes porto-velhenses, ou alguém já viu o dono da SIM, o Prefeito ou os vereadores pegando ônibus alguma vez? 
Sendo assim, convocamos a toda população de Porto Velho a mobilizar-se, através das entidades estudantis, sindicatos, associações de bairro, etc e recorrendo a todas as medidas cabíveis e necessárias para pressionar o Poder Público e a empresa para que ofereçam um transporte digno e com uma tarifa decente!
Em defesa de um transporte coletivo de qualidade em Porto Velho!

DCE, em defesa dos Estudantes!

CONCENTRAÇÃO DIA 01/02 (SEXTA FEIRA) AS 11 HORAS NA PRAÇA MARECHAL RONDON (Praça do Baú), VAMOS AS RUAS.
QUEREMOS TRANSPORTE COLETIVO, QUEREMOS RESPEITO COM OS TRABALHADORES E ESTUDANTES.

Queremos a permanência da tarifa estudantil!

Porto Velho, 31 de janeiro de 2019.

Qual sua opinião ?

Clique para comentar

Deixe sua opinião...

Mais lidas

Copyright © 2019 | Jornal Eletrônico Portal de Rondônia

error: Ė vedada a reprodução de conteúdo sem a citação da fonte ou autorização do proprietário