Connect with us

Geral

População fecha principal avenida da Capital em protesto contra aumento de energia

Publicado

em

Centenas de manifestantes fizeram um protesto, no fim da tarde desta sexta-feira (15), contra o aumento na conta de energia elétrica. No fim de dezembro de 2018, a Energisa, que comprou a Ceron, anunciou reajuste tarifário de 24,75% para residências e de 27,12% para o consumidor que usa alta tensão.

Em Porto Velho, o manifesto começou na frente do prédio da Eletrobras Rondônia (Ceron). O grupo fechou a Avenida Sete de Setembro e afirmou que o reajuste é “injusto e imoral”. O tráfego de veículos na região ficou paralisado.

Um dos consumidores que foi para a avenida protestar é o agricultor Joel da Costa. Ele mora na Linha C-01 e diz que está sendo “ofendido” com esse reajuste.

Quanto foi o aumento?

  • Clientes da baixa tensão (residencial e comercial), a correção será de 24,75%
  • Já os de alta tensão, 27,12%
  • Ao todo, 641 mil unidades consumidoras dependem da Ceron, em todos os 52 municípios do Estado.
Foto: Toni Francis

Foto: Toni Francis

Por Portal de Rondônia com informações de Toni Francis

Qual sua opinião ?

Clique para comentar

Deixe sua opinião...

Mais lidas

Copyright © 2019 | Jornal Eletrônico Portal de Rondônia

error: Ė vedada a reprodução de conteúdo sem a citação da fonte ou autorização do proprietário