Assembleia aprova CPI para investigar a Energisa em Rondônia

Na tarde desta terça-feira (17), a Assembleia Legislativa de Rondônia aprovou o requerimento do deputado estadual Alex Redano (Republicanos) que cria uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), destinada a investigar graves denúncias de práticas abusivas contra os consumidores de energia elétrica no estado de Rondônia praticadas pela Energisa. A CPI, que terá cinco membros e duração de 90 dias (podendo ser prorrogada), recebeu apoio de 11 deputados.

Agora caberá ao presidente da Assembleia, Laerte Gomes (PSDB) fazer a instalação da CPI e em seguida os partidos irão indicar os membros.

Nos últimos dias os deputados estaduais têm recebido inúmeras denúncias contra a Energisa, principalmente no que se refere a aferição da energia elétrica consumida, cortes de energia em finais de semana, incorrendo contra legislação estadual e ainda a troca de medidores sem prévio aviso.

Autor da proposta de criação da CPI, o deputado Alex Redano agradeceu aos demais parlamentares que assinaram a propositura e destacou que agora começa uma grande batalha, de união e força de todos os deputados estaduais e de todas as autoridades de Rondônia, em prol de defender o direito do povo.

2 thoughts on “Assembleia aprova CPI para investigar a Energisa em Rondônia

  1. Não entendo porque a nossa energia e a mais cara do Brasil? Já não sei se é herança do Governo passado, ou senadores corruptos existentes ou que existirão, porém com certeza assim como á crónica narrada em uma novelinha de Quinta categoria assim vejo os Deputados Federais, estaduais e senadores, que ainda tem coragem de falar que está fazendo uma fiscalização sobre a empresa responsável pela distribuição de energia. Sebe eu ja não sei quem é mais ………………. se são os atores se executivo, legislativo ou se realmente vai existir um homem de verdade dentro do meio político do estado de Rondônia…

  2. PARABÉNS AOS DEPUTADOS, PELA ATITUDE PLAUSIVEL, DE INVESTIGAR ESSA EMPRESA QUE CHEGOU EM RONDÔNIA DIZIMANDO O DIREITO DO CONSUMIDOR, VOCÊS TEM NOSSO APOIO A POPULAÇÃO ESTÁ COM VOCÊS.

Deixe sua opinião...