Conecte-se conosco

Auxílio Emergencial

Calendário da terceira parcela do auxílio emergencial será divulgado nos próximos dias

Portal de Rondônia

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira (23/06), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, confirmou que o calendário da terceira parcela do auxílio emergencial será divulgado nos próximos dias.

“A gente deve anunciar agora nos próximos dias o terceiro calendário“, prometeu Guimarães, durante a abertura do Ciab Febraban, o congresso de tecnologia da informação do setor financeiro que é promovido anualmente pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

O presidente da Caixa lembrou que, mesmo sem esse calendário, cerca de 10 milhões de pessoas já receberam a terceira parcela do auxílio emergencial. É que os 19,2 milhões de brasileiros que trocaram o Bolsa Família pelo auxílio emergencial na pandemia do novo coronavírus continuam recebendo a ajuda do governo federal nos mesmos dias de pagamento do Bolsa Família.

Caixa Tem

O calendário que o governo deve anunciar nesta semana valerá para os 44,9 milhões trabalhadores que pediram o auxílio emergencial pelo aplicativo ou pelo site do benefício ou pelo CadÚnico. “Estamos falando de 64 milhões de pessoas que estão recebendo todo mês seu auxílio”, lembrou Guimarães.

Esses trabalhadores devem receber os R$ 600 na poupança social da Caixa, que é movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. Para evitar aglomerações nas agências, a Caixa só deve permitir o saque em espécie desses recursos após a conclusão dos pagamentos do Bolsa Família, que neste mês vão até o próximo dia 30.

Já vai fazer um mês que esses trabalhadores tiveram acesso à segunda parcela do auxílio emergencial. O calendário de pagamento da segunda parcela foi anunciado em 15 de maio e liberou os depósitos digitais do benefício entre 20 e 26 de maio. Já os saques físicos, para quem não usou os R$ 600 pelo aplicativo da Caixa, foi efetuado entre os dias 18 de maio e 1º de junho.

Demora na divulgação

Para o advogado Breno Mendes, que acompanha a situação do auxílio emergencial desde o começo, a demora na divulgação do calendário é uma verdadeira humilhação.

As pessoas terem que esperar mais de um mês para sair um calendário, não é nem um pagamento, é mais para criar uma ansiedade desnecessária por causa de um calendário, desorganização, falta de respeito com com a população vulneral do nosso país.

Advogado Breno Mendes

CPI dos Auxílios

Breno defende também defende também a abertura de uma CPI dos Auxílios para apurar todas as fraudes, ilegalidades e irregularidades que estão fazendo muitos brasileiros serem lesado, constrangido e humilhado.

Fonte: Portal de Rondônia

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.