Conecte-se conosco

Auxílio Emergencial

Caixa libera hoje 4ª parcela de auxílio emergencial para quem recebe bolsa família

Portal de Rondônia

Publicado

em

Os beneficiários do auxílio emergencial que estão no programa Bolsa Família com NIS (Número de Identificação Social) final 4 recebem hoje (23/07) a quarta parcela, que é de R$ 600 ou R$ 1,2 mil (mães solteiras).

O pagamento para esse grupo começou na última segunda-feira (20). Ao todo, 19,2 milhões de brasileiros cadastrados no programa vão receber o pagamento até o dia 31 de julho. O auxílio emergencial foi criado pelo governo federal para tentar reduzir os efeitos negativos na economia causados pelo novo coronavírus (covid-19).

A liberação dos recursos segue o calendário habitual do Bolsa Família para todos os integrantes do programa, conforme o último número do NIS de cada beneficiário. Na segunda-feira (20), foi a vez dos beneficiários com NIS final 1. Na terça-feira, receberam os de NIS final 2 e assim por diante, exceto final de semana, até o NIS final 0 no dia 31 deste mês.

Segundo a Caixa, o auxílio emergencial já beneficiou 65,2 milhões de pessoas. Destes, 19,2 milhões são do Bolsa Família, 10,5 milhões do CadÚnico e 35,5 milhões se cadastraram pela primeira vez para receber recursos do governo federal.

Para os beneficiários do Bolsa Família, a Caixa credita os recursos da mesma forma que o benefício regular. Com o cartão do programa, o saque pode ser realizado nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. O crédito também pode ocorrer na conta Caixa Fácil.

Calendário para quem não é do Bolsa Família

O advogado Breno Mendes que acompanha a situação do auxílio emergencial, fez um calendário, detalhando o pagamento para quem não é do programa Bolsa Família.

Quem começou a receber o auxílio em abril, já recebeu três parcelas, dessa forma irá receber a quarta parcela conforme o calendário abaixo.

Para quem recebeu a primeira parcela em junho, irá receber a segunda parcela conforme o calendário abaixo.

Os valores continuam os mesmos, quem recebeu R$ 600,00 continuará recebendo R$ 600,00, quem recebeu R$ 1.200,00 continuará recebendo R$ 1.200,00 e quem recebeu R$ 1.800,00 receberá R$ 1.800,00.

Para o advogado Breno Mendes, é importante o pagamento da quarta e quinta parcela, daquelas pessoas que recebem o Bolsa Família, o que nós esperamos agora é que os Deputados Federais e os Senadores tenham a decência de votar a prorrogação do auxílio emergencial até dezembro.

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.

error: Ė vedada a reprodução de conteúdo sem a citação da fonte ou autorização do proprietário