Conecte-se conosco

Auxílio Emergencial

Caixa Econômica libera mais um saque do auxílio emergencial

Portal de Rondônia

Publicado

em

Começa nesta segunda-feira (27) o saque da 4ª parcela do auxílio emergencial aos beneficiários do Bolsa Família que têm o NIS (Número de Identificação Social) terminado em 6.

Hoje não há pagamento de auxílio emergencial para quem não é do Bolsa Família.

Na última sexta-feira (24), a Caixa depositou em poupança social uma nova parcela para nascidos em fevereiro. Na quarta (29) é a vez dos aniversariantes de março. Confira aqui detalhes do calendário para o público geral.

4ª parcela para inscritos no Bolsa Família

Quem está no programa Bolsa Família e preenche os requisitos para receber o auxílio emergencial não acumula os dois pagamentos. Recebe apenas o que for de maior valor.

O saque é liberado a cada dia a um novo grupo dos inscritos no Bolsa Família, conforme o último número do NIS. Quem teve o saque liberado nos dias anteriores continua podendo tirar o dinheiro.

Os saques em dinheiro ocorrerão conforme o último número do NIS (Número de Identificação Social):

  • NIS 1: 20 de julho (seg)
  • NIS 2: 21 de julho (ter)
  • NIS 3: 22 de julho (qua)
  • NIS 4: 23 de julho (qui)
  • NIS 5: 24 de julho (sex)
  • NIS 6: 27 de julho (seg)
  • NIS 7: 28 de julho (ter)
  • NIS 8: 29 de julho (qua)
  • NIS 9: 30 de julho (qui)
  • NIS 0: 31 de julho (sex)

Calendário para quem não é do Bolsa Família

O advogado Breno Mendes que acompanha a situação do auxílio emergencial, fez um calendário, detalhando o pagamento para quem não é do programa Bolsa Família.

Quem começou a receber o auxílio em abril, já recebeu três parcelas, dessa forma irá receber a quarta parcela conforme o calendário abaixo.

Para quem recebeu a primeira parcela em junho, irá receber a segunda parcela conforme o calendário abaixo.

Os valores continuam os mesmos, quem recebeu R$ 600,00 continuará recebendo R$ 600,00, quem recebeu R$ 1.200,00 continuará recebendo R$ 1.200,00 e quem recebeu R$ 1.800,00 receberá R$ 1.800,00.

Para o advogado Breno Mendes, é importante o pagamento da quarta e quinta parcela, o que nós esperamos agora é que os Deputados Federais e os Senadores tenham a decência de votar a prorrogação do auxílio emergencial até dezembro.

Por Portal de Rondônia com informações de UOL

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.