Conecte-se conosco

Auxílio Emergencial

Calendário do auxílio emergencial para os novos aprovados é divulgado

Portal de Rondônia

Publicado

em

Governo restringe quem poderá receber novas parcelas do auxílio emergencial
Foto: Divulgação

O Ministério da Cidadania publicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira (03/07) a portaria com calendário de pagamento do auxílio emergencial para os novos aprovados que tenham feito contestação ao resultado do cadastro e foram considerados elegíveis.

De acordo com a portaria, o público do auxílio emergencial que tenha feito o procedimento de contestação por meio da plataforma digital entre os dias 24 de abril e 19 de julho de 2020 e tenham sido aprovados, receberá o crédito da primeira parcela em poupança social digital aberta em seu nome, conforme o seguinte calendário:

De acordo com a portaria, o público beneficiário do auxílio emergencial que tenha recebido a primeira parcela em abril de 2020 e teve o pagamento reavaliado em julho de 2020, decorrente de atualizações de dados governamentais, receberá o crédito da terceira e quarta parcelas em poupança social digital aberta em seu nome, também receberá conforme esse calendário.

A portaria diz ainda que nas datas indicadas nesse calendário, os recursos estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual ou QR Code.

A transferência é feita automaticamente para a conta indicada no momento do cadastro.

Advogado defende a prorrogação do auxílio até Dezembro

De acordo com o Advogado Breno Mendes, muita gente tá pensando que o auxílio emergencial vai até dezembro, mas não vai.

Quem não é do Bolsa família, quem é do Cadastro Único, quem é informal, quem é autônomo, que é a maioria, o que que acontece? Vinte milhões de pessoas são do Bolsa Família, o restante são quarenta milhões de trabalhadores informais. Teve gente que não recebeu nenhuma parcela e vão receber uma a cada mês. Uma em agosto, uma em setembro, uma em outubro, uma em novembro. Tem pessoas falando que o pagamento vai até dezembro, mas somente para as pessoas que não receberam nenhuma parcela, mas quem já recebeu quatro, falta apenas uma. Esclarece o advogado.

Nossa luta agora é de sensibilizar todo o Congresso Federal, principalmente os Deputados Federais para que obriguem o Governo Federal a estender e ampliar o auxílio até dezembro.

Caso não haja essa obrigatoriedade pelos Deputados Federais, quem é do Bolsa Família vai receber a última parcela agora já no mês de agosto, porque já recebeu quatro, e são cinco parcelas no total.

Portal de Rondônia com informações de Agência Brasil e Advogado Breno Mendes

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.

error: Ė vedada a reprodução de conteúdo sem a citação da fonte ou autorização do proprietário