Conecte-se conosco

Geral

Agentes socioeducativos de Rondônia vão ter aumento salarial a partir de janeiro de 2022

Publicado

em

Foto: Divulgação

Agentes da Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo (Fease) terão corrigidas perdas salariais e receberão reajuste mensal em seus vencimentos a partir de janeiro de 2022. A Assembleia Legislativa de Rondônia (ALERO) aprovou na semana passada, por unanimidade, o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da categoria, elaborado pelo Governo de Rondônia.

Segundo o presidente da Fease, Antônio Francisco Gomes Silva, a medida anima a instituição. “Demonstra o comprometimento do Poder Executivo, na pessoa do governador Marcos Rocha, em atender os servidores públicos desta Fundação”.

Trabalham em unidades socioeducativas da Capital e de municípios do interior 417 pessoas: 382 agentes de segurança socioeducativos, dez assistentes sociais, um auxiliar de dentista, um auxiliar de serviços gerais, oito enfermeiros, um médico, um nutricionista, um odontólogo, e 12 técnicos de enfermagem.

Todos eles auxiliam na execução de medidas socioeducativas para adolescentes que se encontram sob a custódia do Estado, observando o dispositivo na Lei nº 12.594, de 18 de janeiro de 2012, que institui a regulamentação nacional a essa prática.

“É uma alegria”, disse Antônio Silva dirigindo-se a servidores, técnicos e deputados estaduais. “Foram dias de lutas, de batalhas e sofrimentos, mas chegamos a este momento festejando”.

O presidente da Fease, lembrou que, em 2019, o Sindicato dos Policiais Penais e Agentes de Segurança Socioeducativos do Estado de Rondônia (Singeperon) se reuniu deparando-se com o plano arquivado. “Resgatamos esse plano, formamos uma comissão com a participação do Singeperon, que acreditou, e hoje celebramos este momento de vitória”, afirmou ao lado da presidente do sindicato, Daihane Gomes.

“Nesses anos todos, os agentes socioeducativos nunca deixaram de prestar um serviço de excelência em favor da população”, frisou o presidente da Fease.

Agentes socioeducativos trabalham proativamente com educação, esportes, artes, saúde, psicologia e segurança, eliminando fatores de risco que possam ocorrer com  manifestações indesejadas. 

Sua missão é proteger a integridade física, mental e emocional dos jovens, orientando e facilitando seu processo de ressocialização.

Quando necessário, eles intervêm com diálogo e ações administrativas, visando à segurança dos demais servidores da unidade de atendimento no período de trabalho.

Para a Fundação, o esforço e a dedicação desses agentes no processo educacional dos jovens consolida atividades educacionais, esportivas e culturais, podendo desenvolver cada adolescente no sentido disciplinar, de segurança e integridade física, psicológica e moral.

Fonte: Secom

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.

Facebook