Conecte-se conosco

Geral

Prefeitura proporciona acolhimento para 49 profissionais do Programa Mais Médicos

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Porto Velho promoveu o acolhimento para 49 profissionais que aderiram ao Programa Mais Médicos e que já estão em atuação nas unidades de saúde na capital e também na zona rural e distritos. A iniciativa foi realizada em parceria com a Superintendência do Ministério da Saúde em Rondônia e Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

O objetivo da atividade é proporcionar uma orientação completa sobre as diretrizes e funcionamento do programa, além de informar gestores e coordenadores municipais sobre seus deveres na implementação do programa.

Publicidade

Participaram do evento os médicos do 28º ao 36º ciclo, inscritos entre abril e dezembro de 2023. Entre os temas abordados no acolhimento estão: legislação do Sistema Único de Saúde (SUS), panorama da atenção primária, organização da rede de saúde municipal, indicadores municipais, doenças e agravos de notificação compulsória, entre outros.

Presente na abertura, o coordenador-geral de Provimento Profissional do Ministério da Saúde, Edson de Lucena, apontou os desafios para a gestão de um programa tão complexo que tem o propósito de servir a população.

“O acesso ao médico não pode ser para poucos, tem que ser para a população em sua totalidade. Como gestores e profissionais de saúde, devemos garantir esse acesso à população, é nosso dever. Por isso a importância de um programa como esse, onde empregamos todos os esforços nesse acesso por meio da estratégia de saúde da família”, declarou o representante do Ministério da Saúde.

Secretária Municipal de Saúde, Eliana Pasini se disse muito satisfeita com a realização do evento em Porto Velho. “Antes a acolhida era realizada em Brasília. Fiquei muito feliz com a iniciativa de reunir os médicos em seus próprios locais, dentro da realidade vivenciada por cada um. Acolher esses profissionais e oferecer uma orientação adequada sobre as políticas públicas de saúde e as características específicas de cada região é essencial para garantir um atendimento eficiente e de qualidade para a população”, avaliou Pasini

O médico Luis Carlos está no programa desde dezembro de 2023, atuando no distrito de Calama, região ribeirinha de Porto Velho. Para ele, o Mais Médico é uma experiência desafiadora e gratificante pela oportunidade de atender quem mais precisa, além da possibilidade do desenvolvimento das habilidades clínicas.

“Foi uma integração muito válida, pois tivemos a oportunidade de aprimorar e atualizar conhecimentos, como no módulo sobre manejo de doenças tropicais, por exemplo, fundamental para a área onde trabalho. Tudo o que foi apontado na capacitação será colocado em prática em benefício dos pacientes”, explicou o médico.

PROGRAMA MAIS MÉDICOS

Busca a melhoria do atendimento aos usuários do SUS, principalmente na atenção primária à saúde, além de levar médicos para regiões onde há escassez ou ausência desses profissionais. Os médicos do programa atuam na estratégia de saúde da família, atendendo a população nas necessidades e problemas de saúde, de forma integrada com os demais profissionais das equipes.

Porto Velho conta atualmente com 61 médicos disponibilizados pelo Governo Federal através dos programas Mais Médicos e também Médicos Pelo Brasil.

Fonte: Prefeitura de Porto Velho

Publicidade

Publicidade
Publicidade

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.

Publicidade

Facebook

Publicidade