Conecte-se conosco

Geral

IFRO terá 3 mil novas vagas de cursos de graduações e técnicos no ano letivo de 2025

Publicado

em

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) obteve a aprovação de 3 mil vagas para cursos na modalidade de Educação a Distância (EaD). A conquista ocorreu por meio do Edital nº 25/2023, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), e permitirá ao IFRO ampliar sua oferta de cursos de graduação e de pós-graduação a partir do próximo ano.

A distribuição das vagas para o IFRO é entre cursos de graduação e pós-graduação. Na graduação, serão 950 vagas, sendo 500 para licenciatura e 450 para tecnólogo. Para o nível de especialização lato sensu, serão 2.050 vagas, voltadas para a formação de professores, profissionais da educação básica, agentes públicos e desenvolvimento regional. Os cursos serão ofertados pelos Campi Porto Velho Calama, Porto Velho Zona Norte, Colorado do Oeste, Jaru e Vilhena.

Publicidade

O processo de articulação para oferta dos cursos nos campi e polos foi coordenado pelo Professor Saulo Souza de Macedo, Diretor de Educação a Distância (DEaD/IFRO), com o apoio da Coordenadora-Geral da Universidade Aberta do Brasil (UAB/IFRO), Ana Cláudia Dias Ribeiro. “Nosso compromisso é com a interiorização e a expansão da oferta de cursos de graduação e de pós-graduação EaD. Nesse sentido, o protagonismo assumido pelo IFRO em Rondônia é reconhecido devido a sua expertise nessa modalidade de ensino”, destaca a Coordenadora-Geral da UAB.

A expansão reafirma o compromisso do IFRO com a Educação a Distância de qualidade e a inclusão social. O Diretor de Educação a Distância realça que essa aprovação representa uma responsabilidade social com a formação, visando garantir uma educação superior na modalidade EaD e proporcionar novas oportunidades para professores e demais profissionais. Saulo Macedo ressalta também que o IFRO mantém os investimentos próprios na modalidade.

“Além dos recursos captados, o IFRO continua fomentando ofertas educacionais com orçamento próprio. Em 2024, os investimentos em Educação a Distância (EaD) deverão ultrapassar a cifra de 1 milhão de reais, demonstrando ainda mais o compromisso da instituição com a expansão e a qualificação do ensino superior na região. Esse aporte financeiro próprio visa garantir a continuidade e a melhoria dos programas educacionais, mesmo diante de eventuais restrições orçamentárias externas”.

Vagas

Os cursos de pós-graduação possuem as seguintes previsões de oferta: 200 vagas para Especialização em Docência na EPT, Especialização em Gestão para a EPT, Especialização em Segurança da Informação e Especialização em Educação a Distância na EPT; 150 vagas para Especialização em Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva e Especialização em Gestão de Instituições Públicas; e 180 vagas para Especialização em Internet das Coisas, Especialização em Gestão Ambiental, Especialização em Educação para a Diversidade Étnico-Racial com ênfase na Aplicação Pedagógica das Leis 10.639/2003 e 11.645/2008, Especialização em Geotecnologia com ênfase em Georreferenciamento de Imóveis e Especialização em Ensino de Ciências e Matemática.

No caso dos cursos de graduação, a previsão é de 300 vagas para Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública; 150 vagas para Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial; 200 vagas para Licenciatura em Física; e 300 vagas para Licenciatura em Pedagogia e EPT.

Polos de Apoio Presencial UAB/IFRO

Os cursos serão ofertados em 12 Polos de Apoio Presencial da UAB/IFRO, localizados nos municípios de Ariquemes, Jaru, Buritis, Chupinguaia, Cacoal, Ji-Paraná, Vilhena, Colorado do Oeste, São Miguel do Guaporé, Nova-Mamoré, Guajará-Mirim e Porto Velho. Com a interiorização da educação pública federal, o IFRO ajuda a promover o acesso ao ensino superior de qualidade, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico de Rondônia.

A Coordenadora-Geral Ana Cláudia destaca que a aprovação no edital garante o aumento de vagas para o acesso de estudantes ao Ensino Superior e para a formação complementar de profissionais já formados na área de educação e oportunidade de formação continuada em diversas áreas. Esse investimento pela Capes, promovido pelo Ministério da Educação, visa ampliar a oferta nas instituições públicas de ensino. Além disso, o projeto direciona bolsas para coordenadores, professores formadores e tutores que atuarão no curso, bem como verba de custeio para ações durante a execução do projeto.

Fonte: Ifro

Publicidade
Publicidade

Publicidade

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.

Publicidade

Facebook

Publicidade

Publicidade