Conecte-se conosco

Geral

Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro orienta quanto à vacinação especial, em Porto Velho

Publicado

em

No Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, em Porto Velho, pessoas têm acesso à vacinação especial na sala específica do Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE). São orientações passadas para pessoas vivendo com doenças crônicas, tais como: soropositivos para o vírus HIV; transplantadas; diabéticas; portadores do vírus das hepatites tipo B, C e D; nefropatia; cardiopatia; pneumopatia; doenças hematológicas; crianças prematuras nascidas até 32 semanas e seis dias da idade gestacional; pacientes oncológicos; doenças autoimunes; neurológicos; e entre outras condições especiais. 

Conforme orientações da unidade hospitalar, atendimento é por ordem de chegada, não sendo necessário agendamento prévio. A unidade Situada na  Avenida Governador Jorge Teixeira, nº 3766, Bairro Industrial, funciona das 7h às 13h e das 14h às 20h, de segunda a sexta-feira, exceto sábados, domingos e feriados. 

Publicidade

Para receber a vacinação, os pacientes devem apresentar um encaminhamento com diagnóstico ou CID 10 da rede de saúde pública ou privada. Médicos e enfermeiros estão habilitados a emitir esse encaminhamento, desde que tenham conhecimento das vacinas disponíveis para cada situação.

A coordenadora da unidade, Sílvia  Carvalho, informa que, “o atendimento é personalizado com o médico ou enfermeira do CRIE, de modo a atender o Ministério da Saúde e Programa Nacional de Imunização, por meio dos Manuais dos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais-CRIE, do ano de 2023″, explica a enfermeira. 

A sala de vacinação é administrada pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia (Agevisa/RO), em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). O titular da Sesau, Jefferson Rocha, destaca que a sala de vacinação garante acesso à saúde e reforço na imunização para a população com comorbidades.

O governador Marcos Rocha enfatiza que, os moradores de Rondônia têm acesso a diversos serviços especializados em imunização, tanto na rede municipal quanto estadual. “A premissa do SUS é proporcionar acesso a serviços de saúde com qualidade e de forma gratuita. Receber as doses de vacinação é um exemplo típico de exercício da cidadania”, destaca.

VACINAS DISPONÍVEIS

  • Vacinas pneumocócicas 13 e 23; 
  • Meningocócicas conjugadas C e ACWY;
  • Dtpa – difteria,  tétano e coqueluche- pediátrica;
  • Dtpa – difteria,  tétano e coqueluche- adulto;
  • Hepatite A – adulto; 
  • HaemophilusInfluenzae-Hib;
  • HPV – Adulto até 45 anos;
  • Hexavalente, para crianças prematuras, nascidas até 32 semanas e 6 dias da idade gestacional, e, crianças com risco aumentado para efeitos adversos: cardiopatia,  neurológicas e outras.

Fonte: Secom

Publicidade
Publicidade

Publicidade

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.

Publicidade

Facebook

Publicidade

Publicidade