Conecte-se conosco

Polícia

Homem é acusado por travesti de não pagar programa sexual e caso vai parar na Central de Polícia

Publicado

em

Foto: Ilustrativa

Um travesti foi detido na noite deste sábado (15/05), após ser acusado de furtar um aparelho celular na rua Duque de Caxias, bairro São Cristóvão, em Porto Velho.

De acordo com informações, uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência de roubo, e juntamente da vítima localizaram o aparelho através do rastreamento, em um ponto de prostituição, no bairro lagoa.

Após ser encontrado, o travesti foi indagado, e alegou que o aparelho era da irmã.

Mas logo em seguida, mudou a versão, e disse que o homem não quis pagar o programa sexual, e o travesti tomou o celular como pagamento.

A vítima, um homem de 57 anos, negou a versão do acusado, e disse que foi abordado pelo travesti após parar seu veículo na região central.

Em seguida, o acusado pediu uma carona até a BR-364. O homem desconfiado recusou a carona, e nesse exato momento, o travesti teria roubado seu aparelho celular.

Mediante aos fatos, o travesti foi detido e encaminhado até a Central de Polícia.

Fonte: Portal de Rondônia

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.

Facebook