Conecte-se conosco

Polícia

Conversas no WhatsApp e fotos no Instagram levaram a prisão de empresários e candidato a vereador em Porto Velho

Portal de Rondônia

Publicado

em

Foto: Reprodução/Redes Sociais

A operação da Polícia Federal realizada na manhã desta quinta-feira (04/02) em Porto Velho, causou grande repercussão na cidade após a prisão de empresários e candidato a vereador por suposto envolvimento com o tráfico de entorpecentes.  

Foto: Divulgação/PF

O fato de alguns dos acusados serem de famílias influentes e bem sucedidas na Capital foi o motivo da repercussão desse caso. 

Denominada SNIPER, a operação durou aproximadamente 14 meses, período em que os agentes federais através de monitoramento de inteligência coletaram uma série de indícios apresentados na 1ª Vara de Delitos de Tóxicos que em seguida expediu os mandados de prisão.  

Entre os presos nessa operação estão: o proprietário de uma academia de musculação K. R. F.;  P. E. de 28 anos de idade, dono de uma boutique de suplementos alimentares; e o ex-candidato a vereador H. G.

Investigação e provas 

De acordo com a investigação, tudo começou no final do ano de 2019 após um colaborador da PF que estava em uma festa na casa de Kazan R. Felipe relatar que viu ele distribuindo droga.  

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal conseguiu monitorar conversas no Wathsapp, fotos em festas, entre diversos materiais coletados e anexados ao inquérito apresentado para Justiça.  

Para que isso acontecesse, foi necessária uma solicitação judicial ao Facebook Brasil solicitando na íntegra mensagens enviadas e recebidas dos suspeitos através do aplicativo Whatsapp. 

Entre as provas coletadas pela investigação, que está em segredo de Justiça, a PF apresentou imagens de Hiago Gonçalves consumido drogas, em outras ele ostenta comprimidos de drogas sintéticas e maconha.  

Ex-candidato a vereador chegou a postar imagens de drogas em seu perfil no Instagram — Foto: Rede Social Instagram
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Até o momento não foi possível contato com a defesa dos acusados, que deverá se manifestar em breve. 

Veja mais: Polícia Federal prende dono de academia, candidato a vereador e empresários em Porto Velho

Por Portal de Rondônia com informações de G1 e Rondôniaovivo

 

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.

Facebook