Conecte-se conosco

Polícia

Filho que mandou matar o pai em Rondônia planejava a morte da mãe

Portal de Rondônia

Publicado

em

O adolescente de 16 anos detido na manhã desta quarta-feira (29) suspeito de encomendar a morte do próprio pai, Juscelino Fontenele Magalhães, 46, conhecido como “Pio”, estava também planejando a morte da mãe, segundo as investigações. Antônio Edson F. de O, 27, que participou do crime foi preso na zona Sul de Porto Velho (RO).

Agentes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) apuraram que o crime foi encomendado pelo filho da vítima no valor de R$20 mil.  Porém, a quantia não havia sido paga pelo menor, que inclusive estaria planejando mandar matar os autores do crime para não pagar a dívida  Ainda segundo as investigações, o menor tinha planos de mandar matar a mãe para poder ficar com todos os bens dos pais.

O autor do tiro no comerciante está com mandado de prisão, mas se encontra foragido. Um outro envolvido que também teria dado apoio em um carro modelo HB20 foi levado à delegacia e está sendo ouvido.

O plano de execução

Durante as investigações, os policiais conseguiram desvendar como o criminoso arquitetou a morte do pai. O adolescente contratou os criminosos oferecendo R$ 20 mil para que eles executassem seu pai. Três homens participaram do crime, um ficou responsável por intermediar o crime, outro era quem iria executar Jucelino e o terceiro seria o que daria a fuga em uma motocicleta. Este foi identificado como Antônio Edson Oliveira Ferreira e também foi preso.

No dia do crime, câmeras de segurança registraram o momento em que o adolescente estava na frente no comércio mexendo no aparelho celular e mantendo contato com os criminosos. Em seguida a dupla passa em frente ao local em uma motocicleta, vai para a rua ao lado do comércio e espera o adolescente dar o sinal. 

Minutos depois, o menor olha para verificar onde os criminosos estão e levanta os dois braços dando o sinal para os assassinos. Em seguida, os homens chegam, abordam todos que estão na frente do comércio, inclusive o adolescente, e ordenam que todos deitem no chão. 

Ao perceber que era um assalto, Jucelino ainda tenta sair do comércio, mas é impedido pelos criminosos que o mandam retornar. A vítima obedece, entra e vai para os fundos do estabelecimento, mas um dos criminosos segue o comerciante, efetua um disparo na cabeça da vítima e os dois fogem.

Os policiais apuraram ainda que o responsável por executar a vítima e o intermediador foram para as proximidades do comércio com um motorista de aplicativo. Alguns metros antes do local, Antônio Edson, que estava com a moto, se aproximou do carro, pegou o assassino e os dois seguiram para o local.

Após o crime, Antônio Edson levou o executor para o local onde o Uber estava o aguardando, o deixou, e fugiu sozinho na motocicleta.

Cobrança de pagamento

Depois de cometerem o crime, o trio começou a cobrar do adolescente o dinheiro que eles iriam receber pela morte do comerciante. Eles conseguiram descobrir o número do telefone do comércio e passaram a ligar cobrando a dívida e chegaram a falar com a mãe do menor infrator.

Os policiais descobriram ainda que o adolescente estava atrás de outros criminosos para matar os executores do seu pai, mas dessa vez ele iria pagar uma quantia inferior a R$ 20 mil. 

O responsável por atirar na vítima foi identificado e qualificado pela delegada Leisaloma. O motorista de aplicativo foi chamado a delegacia para prestar esclarecimentos.

Veja mais:
Adolescente contratou bandidos por R$ 20 mil para mandar matar o próprio pai na Capital

Por Portal de Rondônia com informações de Rondoniagora e Rondoniaovivo

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook

error: Ė vedada a reprodução de conteúdo sem a citação da fonte ou autorização do proprietário