Conecte-se conosco

Política

Hildon Chaves sanciona Lei que multa em R$ 80 quem não usar máscara em Porto Velho

Portal de Rondônia

Publicado

em

O Prefeito de Porto Velho Hildon Chaves sancionou nesta terça-feira (26/05), a Lei nº 2.754 que obriga o uso de máscara na Capital e estipula multa de R$ 80 reais para quem desobedecer.

Veja a Lei na íntegra:

SECRETARIA GERAL DE GOVERNO – SGG
LEI Nº 2.754 ,DE 25 DE MAIO DE 2020.

 “Obriga no Município de Porto Velho, o uso de máscaras enquanto perdurar o estado de
calamidade pública em decorrência da pandemia do coronavírus SARS-CoV-2,
e autoriza a instalação de tendas nas filas que se formam em frente às instituições
financeiras no Município de Porto Velho e adota outras providências.”

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, usando da atribuição que lhe é conferida no inciso IV do artigo 87 da Lei Orgânica do município de Porto Velho.

FAÇO SABER que a CÂMARA MUNICIPAL DE PORTO VELHO aprovou e eu sanciono a seguinte:

LEI:

Art. 1º Obriga, no Município de Porto velho, o uso de máscara por todas as pessoas que se estiverem fora de sua residência, enquanto perdurar a pandemia do coronavírus SARS-CoV-2.

§ 1º Deverão ser usadas pela população em geral, preferencialmente, máscaras de tecido confeccionadas de forma artesanal/caseira, utilizando-se na produção as orientações contidas na Nota Informativa nº 3/2020 do Ministério da Saúde, a fim de que as demais sejam utilizadas prioritariamente pelos profissionais da área da saúde.

§ 2º São considerados espaços abertos ao público ou de uso coletivo:

I – vias públicas;

II – parques e praças;

III – pontos de ônibus, terminais de transporte coletivo, rodoviárias, portos e aeroportos;

IV – veículos de transporte coletivo, de táxi e transporte por aplicativos;

V –repartições públicas;

VI – estabelecimentos comerciais, industriais, bancários, empresas prestadoras de serviços e quaisquer estabelecimentos congêneres;

VII – outros locais em que possa haver aglomeração de pessoas.

Art. 2ºVETADO.

I – VETADO;

II – VETADO.

§ 1ºVETADO.

§ 2ºVETADO.

Art. 3º O não cumprimento do disposto nesta Lei acarretará sanções pecuniárias nos seguintes valores:

I – para pessoas físicas: R$ 80,00 (oitenta reais);

II – para pessoas jurídicas: R$ 1.000,00 (mil reais).

§ 1º Em caso de reincidência, além da multa, será encaminhado o termo de infração para o Ministério Público, para fins de proposição de ação penal.

Art. 4º Deverá ser realizada ampla divulgação da presente Lei, inclusive da multa imposta em razão do descumprimento, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do uso de máscara de barreira.

Parágrafo único. Os valores oriundos das multas, serão destinados integralmente ao combate da pandemia do coronavírus SARS-CoV-2.

Art. 5º VETADO.

Parágrafo único. VETADO.

Art. 6º VETADO.

I – VETADO;

II – VETADO;

III – VETADO.

Art. 7ºVETADO.

Art. 8º VETADO.

Art. 9º VETADO.

Parágrafo único. VETADO.

Art. 10. VETADO.

Art. 11. O Poder Executivo definirá os órgãos responsáveis pela fiscalização do cumprimento desta Lei, podendo solicitar apoio da Polícia Militar quanto á aplicação da multa.

Art. 12. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, e produzirá efeitos enquanto perdurar o estado de calamidade pública no Município.

HILDON DE LIMA CHAVES
Prefeito

PL nº 4047/2020. Autoria: Vereadores da CMPV.

Fonte: Portal de Rondônia

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.

Facebook

error: Ė vedada a reprodução de conteúdo sem a citação da fonte ou autorização do proprietário