Conecte-se conosco

Política

É mais fácil o Ivo Cassol perder o governo de Rondônia do que o Lula não ser eleito presidente em 2022, diz Samuel Costa

Publicado

em

Durante entrevista ao Site JH Noticias o professor, jornalista e advogado Samuel Costa abordou sobre o atual cenário político regional e nacional e como de constume nao se eximiu e falar sobre o que pensa.

Se existe uma questão unânime para as eleições 2022 em nível estadual é a eleição de Ivo Cassol para o Governo e a de Luiz Inácio Lula da Silva para presidente. Mesmo assim, ainda há diferença entre os dois: Lula está elegível e pronto para governar o País pela 3ª vez, enquanto o Homem do Chapéu ainda terá que vencer seus desafios na Justiça para conseguir disputar, disse Costa.

Samuel Costa comenta sobre a incerteza de Ivo Cassol na disputa em 2022.

“É nessa certeza da não disputa de Ivo Cassol que todos os candidatos ao Governo do Estado estão contando. Ivo Cassol lidera todas as pesquisas em todos os cenários, inclusive passando o trator por cima dos supostos candidatos ao Governo indicados pela Presidência da República, que deve ficar entre Marcos Rocha e o senador Marcos Rogério (DEM).” afirma o jovem professor

Problemas jurídicos é o principal fator na desconstrução da vitória de Cassol

“Não fosse os problemas jurídicos, já seria figura certa no segundo turno.
Quanto ao ex-presidente Lula, a situação é a mais favorável possível: está totalmente elegível e sua adesão continua numa crescente e em várias pesquisas eleitorais mantém a primeira colocação na intenção de votos, e ainda a possibilidade de vencer ainda o primeiro turno, ainda mais com as 23 vitórias que Lula teve com absolvições e arquivamentos. É inegável que Lula vencerá com facilidade em 2022.” finaliza Samuel Costa

Fonte: JH Notícias

O Jornal Digital Portal de Rondônia é um portal de notícias independente compromissado em transmitir os fatos, leva as principais notícias de Rondônia, do Brasil e do Mundo.

error: Ė vedada a reprodução de conteúdo sem a citação da fonte ou autorização do proprietário